quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FELIZ OLHAR NOVO


O grande barato da vida é olhar pra trás e sentir orgulho da sua história.

O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e AGORA!
Claro que a vida prega peças.É lógico que, por vezes, o bolo sola, o pneu fura, chove demais.
Mas... Pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?

Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Tá certo, eu sei, Polyanna é personagem de ficção, hiena come porcaria e ri, eu sei.
Não quero ser cego, burro ou dissimulado. Quero viver bem. 2009 foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões... Normal. Às vezes se espera demais das pessoas... Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou...Normal.

2010 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja,mas e aí? Fazer o que? Acabar com o seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?O que eu desejo pra todos nós é sabedoria, é que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência! Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim. Entender o amigo que não merece nossa melhor parte.
Se ele decepcionou, passa pra categoria 3, a dos amigos. Ou muda de classe, vira colega. Além do mais, a gente,provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de uma frase que adoro: 'Cuidado com seus desejos, eles podem se tornar realidade'. Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano.Não adianta lutar contra isso.
Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes ...... Desejo pra todo mundo esse olhar especial......2010 pode ser um ano especial se nosso olhar for diferente.Pode ser muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos, e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.
2010 pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, maneiro, especial... Pode ser puro orgulho.

Depende de mim! De você!

Pode ser. E que seja!!!

Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensar tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!

(Carlos Drumond de Andrade-Adaptação)




sexta-feira, 27 de novembro de 2009

NÃO QUERO


Não quero alguém, que morra de amor por mim...
Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim,
me abraçando.
Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me
ame, não me importando com que intensidade...
Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de
mim...
Nem que eu faça a falta que elas me fazem!
O importante pra mim, é saber que eu, em algum momento, fui
insubstituível...
E que esse momento será inesquecível...
Só quero que meu sentimento seja valorizado...
Quero sempre poder ter um sorriso estampando no meu rosto, mesmo quando a
situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz, para os que estiverem ao
meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...e poder ter a
absoluta certeza de que esse alguém, também pensa em mim quando fecha os olhos,
que faço falta quando não estou por perto...
Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras,
alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons
sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente
importa, que é meu sentimento... e não brinque com ele...
E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca
cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.
Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter
forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe...
Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem
humildade e paz.
Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro
dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito
e serei plenamente feliz.
Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras
pessimistas...
Que a esperança nunca me pareça um "não" que a gente teima em maquiá-lo
de verde e entendê-lo como "sim".
Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder
dizer a alguém o quanto é especial e importante pra mim, sem ter de me
preocupar com terceiros...
Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas, com esse sentimento.
Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... que o amor
existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é
bela sim, que eu sempre dei o melhor de mim...e que valeu a pena!!!

(Mário Quintana)

Essa poesia me foi enviada por um amigo muito querido, que como ninguém entende esse meu momento. Obrigada Leo!!

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

É MÁGOA


É mágoa, vou dizendo de antemão
Se eu encontrar com você
Tô com três pedras na mão
Eu só queria distância da nossa distância
Saí por aí procurando uma contramão

Acabei chegando na sua rua
Na dúvida qual era sua janela
Lembrei que era pra cada um ficar na sua
Mas é que até a minha solidão tava na dela

Atirei uma pedra na sua janela
E logo correndo me arrependi
Foi o medo de te acertar
Mas era pra te acertar
E disso eu quase me esqueci

Atirei outra pedra na sua janela
Uma que não fez o menor ruído
Não quebrou, não rachou, não deu em nada
E eu pensei, talvez você já tenha me esquecido

Eu só não consegui foi te acertar o coração
Por que eu já era o alvo
De tanto que eu tinha sofrido
Aí nem precisava mais de pedra
A minha raiva quase transpassa
A espessura do seu vidro

É mágoa, o que eu choro é água com sal
Se der um vento é maremoto
Se eu for embora, não sou mais eu
Água de torneira não volta
E eu vou embora
Adeus

(Intérprete: Ana Carolina)

sábado, 7 de novembro de 2009

O VENTO...


Vai, pelas ruas jogando com toda a poeira

Limpa o caminho para onde quer que eu vá

Em tua fúria, por vezes de forma descontida

Leva para longe toda e qualquer tristeza

Leva para nunca toda a dor e todo o rancor

E traz para mim todo o amor e toda a beleza.


Vai revolto, carregado de toda a ira

E retorna brando, volta em forma de brisa

Acariciando meus cabelos após o temporal

Assim como a magia de um vento litoral

Que brinca alegre com as ondas do mar

E altera os cenários mudando as dunas de lugar.


(Rogério Reis)


segunda-feira, 19 de outubro de 2009

CUIDA DE MIM (Música)


Pra falar verdade, às vezes minto
Tentando ser metade do inteiro que eu sinto
Pra dizer às vezes que às vezes não digo
Sou capaz de fazer da minha briga meu abrigo
Tanto faz não satisfaz o que preciso
Além do mais quem busca nunca é indeciso
Eu busquei quem sou, você pra mim mostrou
Que eu não sou sozinha nesse mundo.

Cuida de mim enquanto não esqueço de você
Cuida de mim enquanto finjo que sou quem eu queria ser.
Cuida de mim enquanto não me esqueço de você
Cuida de mim enquanto finjo, enquanto fujo.

Basta as penas que eu mesmo sinto de mim
Junto todas crio asas viro querubim
Sou da cor do tom, sabor e som que quiser ouvir
Sou calor, clarão e escuridão que te faz dormir
Quero mais, quero a paz que me prometeu
Volto atrás se voltar atrás assim como eu.

Busquei quem sou
Você pra mim mostrou
Que eu não estou sozinho nesse mundo.

Cuida de mim enquanto não esqueço de você
Cuida de mim enquanto finjo que sou quem eu queria ser.
Cuida de mim enquanto não me esqueço de você
Cuida de mim enquanto finjo, enquanto fujo.
(Teatro Mágico)

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

A VIAGEM


No voo normal,
Que meu corpo tranportava
Coloquei bem trancada, inviolável,
Toda minha bagagem emocional.
Queria esquecer, mudar, fugir...
Sentia-me leve, e solto ao partir.
Cheguei ao meu destino.
Me instalei.
Numa radical mudança apostei.
Novos horizontes pressentia,
tempos recheados de alegria...
Mas...
você veio junto com meus sonhos!
Em meio à viagem...
Se insinua na paisagem.
Percebi você nas flores que colhi,
Entre as Ave Maria que rezei,
Nos sons da música que ouvi,
E... até nas lágrimas que chorei!
Esquecer não consegui ...
Consultei meu coração
Nenhuma mudança aconteceu,
Ele continua sendo seu.
É essa a minha verdade.
Não vou negar.
Não minto...
Você está sempre no mesmo lugar !
Dentro da saudade imensa, que eu sinto.
Sem espaço para a felicidade.

(Magy Maceio)

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

POEMA DA PROSPERIDADE


Nem a tristeza, nem a desilusão, nem a incerteza,
Nem a solidão, nem o desespero, nem a descrença,
Muito menos o ódio ou alguma ofensa,
NADA ME IMPEDIRÁ DE SONHAR
Em meio às trevas, entre os espinhos, nas tempestades e nos descaminhos,
NADA ME IMPEDIRÁ DE CRER EM DEUS
Mesmo errando e aprendendo, tudo me será favorável,
Tudo me será necessário, para que eu possa evoluir,
Preservar, servir, cantar, agradecer, perdoar, recomeçar...
Quero viver o dia de hoje como se fosse o primeiro,
Como se fosse o último, como se fosse o único.
Quero viver o momento de agora como se ainda fosse cedo
Como se nunca fosse tarde.
Quero manter o meu otimismo, conservar o meu equilíbrio,
Fortalecer a minha esperança, recompor as minhas energias,
Para prosperar na minha missão e viver alegre todos os dias.
Quero caminhar na certeza de chegar,
Quero buscar na certeza de alcançar,
Quero lutar na certeza de vencer,
Quero plantar e esperar
Para poder realizar os ideais do meu ser
Enfim, quero dar o máximo de mim,
Para viver INTENSAMENTE e MARAVILHOSAMENTE TODOS OS DIAS DE MINHA VIDA!
Que eu lembre sempre: QUERER É PODER!
Tudo que eu desejar na vida, certamente alcançarei,
Pois a vida, é este GRANDE MOMENTO DE TODOS NÓS!!

(Luizinho Bastos)

sábado, 26 de setembro de 2009

RIFA-SE UM CORAÇÃO


Rifa-se um coração quase novo.
Um coração idealista.
Um coração como poucos.
Um coração à moda antiga.
Um coração moleque
que insiste em pregar peças no seu usuário.

Rifa-se um coração
que na realidade está um pouco usado, meio calejado,
muito machucado e que teima em alimentar sonhos
e cultivar ilusões.
Um pouco inconseqüente
que nunca desiste de acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado coração
que acha que Tim Maia estava certo quando
escreveu...
"...não quero dinheiro, eu quero amor sincero, é isso que eu
espero...".
Um idealista...
Um verdadeiro sonhador...

Rifa-se um coração que nunca aprende.
Que não endurece, e mantém sempre viva a esperança de ser feliz,
sendo simples e natural.
Um coração insensato
que comanda o racional
sendo louco o suficiente para se apaixonar.
Um furioso suicida
que vive procurando relações e emoções verdadeiras.

Rifa-se um coração
que insiste em cometer sempre os mesmos erros.
Esse coração que erra, briga, se expõe.
Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.
Sai do sério e, às vezes revê suas posições
arrependido de palavras e gestos.
Este coração tantas vezes incompreendido.
Tantas vezes provocado.
Tantas vezes impulsivo.

Rifa-se este desequilibrado emocional
que abre sorrisos tão largos
que quase dá pra engolir as orelhas,
mas que também arranca lágrimas e faz murchar o rosto.
Um coração para ser alugado,
ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes.

Um órgão abestado
indicado apenas para quem quer viver intensamente
contra indicado para os que apenas pretendem passar pela vida
matando o tempo,
defendendo-se das emoções.

Rifa-se um coração
tão inocente que se mostra sem armaduras
e deixa louco o seu usuário.
Um coração que quando parar de bater
ouvirá o seu usuário dizer para São Pedro
na hora da prestação de contas:
"O Senhor pode conferir.
Eu fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento.
Só fiz bobagens e me dei mal
quando ouvi este louco coração de criança
que insiste em não endurecer
e se recusa a envelhecer"

Rifa-se um coração,
ou mesmo troca-se por outro
que tenha um pouco mais de juízo.
Um órgão mais fiel ao seu usuário.
Um amigo do peito que não maltrate tanto o ser que o abriga.
Um coração que não seja tão inconseqüente.

Rifa-se um coração cego, surdo e mudo,
mas que incomoda um bocado.
Um verdadeiro caçador de aventuras que ainda não foi adotado, provavelmente, por se recusar
a cultivar ares selvagens ou racionais,
por não querer perder o estilo.

Oferece-se um coração vadio, sem raça, sem pedigree.
Um simples coração humano.
Um impulsivo membro de comportamento
até meio ultrapassado.
Um modelo cheio de defeitos
que mesmo estando fora do mercado,
faz questão de não se modernizar,
mas vez por outra, constrange o corpo que o domina.

Um velho coração
que convence seu usuário a publicar seus segredos
e a ter a
petulância de se aventurar como poeta.

(Clarice Lispector)

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O CAMINHO DO AMOR


O caminho que eu escolhi é o do amor! E não importa
as dores, as angústias nem as decepções
que vou ter que encarar,
eu escolhi o caminho do amor,
e escolhi ser verdadeiro. No meu caminho,
o abraço é apertado,
o aperto de mão é sincero,
e quando eu me apaixono eu me entrego,
e me entrego de corpo, alma e emoção.

Por isso não estranhe a minha maneira de sorrir,
de te desejar o bem, eu sou aquela pessoa
que acredita no bem, que vive e anseia pelo bem.
Por isso, não estranhe se eu te abraçar bem apertado,
se eu me emocionar com a sua história,
se eu chorar junto com você,
se nos arrepiarmos ao ver o arco-íris no céu,
afinal de contas somos gente
e gente que fez a opção pelo bem,
e gente do bem se ama, se entrega,
vive e não se arrepende da vida.

É assim que eu enxergo a vida,
e é só assim que eu acredito que valha a pena viver.
Viver com emoção, com verdade.
Infeliz de quem trai,
infeliz de quem passa por cima
das emoções das pessoas de bem,
triste daquele que rouba, que mata,
que pratica a violência, pobre
daquele que nunca sentiu
o que é ser amado de verdade,
e mais infeliz ainda aquele que nunca amou.
Escolha também, o caminho do amor...

(AD)

sábado, 12 de setembro de 2009

SUTILMENTE


E quando eu estiver triste

Simplesmente me abrace

Quando eu estiver louco

Subitamente se afaste

Quando eu estiver fogo

Suavemente se encaixe


E quando eu estiver triste

Simplesmente me abrace

E quando eu estiver louco

Subitamente se afaste

E quando eu estiver bobo

Sutilmente disfarce


Mas quando eu estiver morto

Suplico que não me mate, não

Dentro de ti, dentro de ti


Mesmo que o mundo acabe, enfim

Dentro de tudo que cabe em ti


(Skank)
P.S.: Essa "tbm" é pra ti meu amor.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

QUEM DE NÓS DOIS


"Eu e você

Não é assim tão complicado

Não é difícil perceber

Quem de nós dois

Vai dizer que é impossível

O amor acontecer

Se eu disser que já nem sinto nada

Que a estrada sem você é mais segura

Eu sei você vai rir da minha cara

Eu já conheço o teu sorriso, leio teu olhar

Teu sorriso é só disfarce

E eu já nem preciso

Sinto dizer

Que amo mesmo, tá ruim pra disfarçar

Entre nós dois

Não cabe mais nenhum segredo

Além do que já combinamos

No vão das coisas que a gente disse

Não cabe mais sermos somente amigos

E quando eu falo que eu já nem quero

A frase fica pelo avesso

Meio na contra-mão

E quando finjo que esqueço

Eu não esqueci nada

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais

E te perder de vista assim é ruim demais

E é por isso que atravesso o teu futuro

E faço das lembranças um lugar seguro

Não é que eu queira reviver nenhum passado

Nem revirar um sentimento revirado

Mas toda vez que eu procuro uma saída

Acabo entrando sem querer na tua vida

Eu procurei qualquer desculpa pra não te encarar

Pra não dizer de novo e sempre a mesma coisa

Falar só por falar

Que eu já não tô nem aí pra essa conversa

Que a história de nós dois não me interessa

Se eu tento esconder meias verdades

Você conhece o meu sorriso

Lê no meu olhar

Meu sorriso é só disfarce

Por que eu já nem preciso

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais..."
(Ana Carolina)

sábado, 8 de agosto de 2009

BUSQUE


Busque...
Nos olhos o gosto do sorriso,
no toque o gosto da pele.
No cheiro a sensibilidade da alma,
em cada noite fria o calor do dia.

Busque...
No dia o frescor da noite,
mas sem perder o brilho da manhã.

Busque...
Acima de tudo o que não conseguiu sentir.
Aquilo que não percebeu
e pode agora ser saboreado...

Resgate o gosto bom, do que gostou.
Fortaleça as idéias esperançosas...
Mas busque primeiro o sentido de sua vida...
A fonte de ser verdadeiro.

Busque...
O motivo de seu "ser", ser o que é
e de tudo aquilo que o faz buscar...

Busque...
A simplicidade de amar...

(Ivete Tayar)

quarta-feira, 8 de julho de 2009

UM BRINDE À VIDA!!


Um momento especial de renovação para sua alma e seu espírito, porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza, a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós capacidade de recomeçar a cada ano.
Desejo a você, um ano cheio de amor e de alegrias.
Afinal fazer aniversário é ter a chance de fazer novos amigos, ajudar mais pessoas, aprender e ensinar novas lições, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas.
Sorrir novos motivos e chorar outros, porque, amar o próximo é dar mais amparo, rezar mais preces e agradecer mais vezes.
Fazer Aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus.
É ser grato, reconhecido, forte, destemido.
É ser rima, é ser verso, é ver Deus no universo.

É... Hoje é meu niver!!!!!!!!!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

QUANDO ESTIVER EM DIFICULDADES


Quando estiver em dificuldade

E pensar em desistir,

Lembre-se dos obstáculos

Que já superou.

OLHE PARA TRÁS.


Se tropeçar e cair,

levante,

Não fique prostrado,

Esqueça o passado.

OLHE PARA FRENTE.


Ao sentir-se orgulhoso,

Por alguma realização pessoal,

Sonde suas motivações.

OLHE PARA DENTRO.


Antes que o egoísmo o domine,

Enquanto seu coração é sensível,

Socorra aos que o cercam.

OLHE PARA OS LADOS.


Na escalada rumo às altas posições

No afã de concretizar seus sonhos,

Observe se não está pisando em alguém.

OLHE PARA BAIXO.


Em todos os momentos da vida,

Seja qual for sua atividade,

Busque a aprovação de Deus!

OLHE PARA CIMA.


(Charles Chaplin)

domingo, 28 de junho de 2009

PARTES


Espero que você possa aceitar as coisas como elas são...

Sem pensar que tudo conspira contra você...

Porque parte de nós é entendimento...

Mas a outra parte é aprendizado...


Que você possa ter forças para vencer todos os seus medos...

Que no final possa alcançar todos os seus objetivos...

Porque parte de nós é cansaço...

Mas a outra parte é vontade...


Que tudo aquilo que você vê e escuta possa lhe trazer conhecimento...

Que essa escola possa ser longa e feliz...

Porque parte de nós é o que vivemos...

Mas a outra parte é o que esperamos...


Que a manhã possa lhe oferecer todo dia a divina luz...

Que você possa fazê-la seu único e verdadeiro caminho...

Porque parte de nós é dúvida...

Mas a outra parte é crença...


Que você possa aprender a perder sem se sentir derrotado...

Que isso possa fazer você cada vez mais guerreiro...

Porque parte de nós é o que temos...

Mas a outra parte é sonho...


Que durante a sua vida você possa construir sentimentos verdadeiros...

Que você possa aceitar que só quem soube da sombra, pode saber da luz...

Porque parte de nós é angústia...

Mas a outra parte é conforto...


Que você nunca deixe de acreditar...

Que nunca perca sua fé...

Porque parte de Deus é amor...

E a outra parte também!

( Autor Desconhecido )

quinta-feira, 11 de junho de 2009

TALVEZ...


Talvez você venha a envelhecer rápido demais.

Mas lute para que cada dia tenha valido a pena.


Talvez em algum instante você sofra uma terrível queda.

Mas não fique por muito tempo olhando para o chão.


Talvez você tenha que enfrentar alguns inimigos.

Mas tenha humildade para aceitar as mãos

que se estenderem em sua direção.


Talvez você fique triste ao concluir que não consegue

seguir o ritmo da música.

Faça então com que a música siga o compasso dos meus passos.


Talvez você nunca consiga enxergar um arco-íris.

Mas aprenda a desenhar um,

nem que seja dentro do seu coração.


Talvez você não aprenda todas as lições necessárias.

Mas terá a consciência que os verdadeiros ensinamentos

já estão gravados em sua alma.


Porque no final você saberá que,

mesmo com incontáveis dúvidas,

você será capaz de construir uma vida melhor

e não haverá nenhum "talvez" e sim a certeza

de que a sua vida valeu a pena e você fez o melhor que podia.


(Desconheço o Autor)

terça-feira, 9 de junho de 2009

RECEITA DA VIDA......hummmmmm


Anote os ingredientes:

Família (é aqui que tudo começa)

Amigos (nunca deixe faltar)

Raiva (se existir, que seja pouca)

Paciência (a maior possível)

Lágrimas (enxugue todas)

Sorrisos (os mais variados)

Paz (em grande quantidade)

Perdão (à vontade)

Desafetos (se possível, nenhum)

Esperança (não perca jamais)

Coração (quanto maior, melhor)

Amor (pode abusar)

Carinho (essencial).

Agora, o modo de preparar:

Esqueça os momentos de raiva e desespero passados.

Se precisar use toda sua paciência.

Enxugue as lágrimas e as substitua por sorrisos.

Junte a paz e o perdão e ofereça a seus desafetos.

Deixe a esperança crescer no seu coração.

Nem sempre os ingredientes da vida são gostosos,

portanto, saiba misturar todos os temperos que ela oferece

e faça dela um prato de raro sabor.

Chame a família, os vizinhos e amigos e bom apetite!

(Desconheço Autoria)

segunda-feira, 8 de junho de 2009

COISAS QUE A VIDA ENSINA TODOS OS DIAS...


Amor não se implora, não se pede não se espera...

Amor se vive ou não.

Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.

Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade.

Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.

As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.

Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.

Água é um santo remédio.

Deus inventou o choro para o homem não explodir.

Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.

Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.

A criatividade caminha junto com a falta de grana.

Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.

Amigos de verdade nunca te abandonam.

O carinho é a melhor arma contra o ódio.

As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.

Há poesia em toda a criação divina.

Deus é o maior poeta de todos os tempos.

A música é a sobremesa da vida.

Acreditar, não faz de ninguém um tolo.

Tolo é quem mente.

Filhos são presentes raros.

De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças acerca de suas ações.

Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas,

chaves que abrem portas para uma vida melhor.

O amor... Ah, o amor...

O amor quebra barreiras, une facções, destrói preconceitos,cura doenças...

Não há vida decente sem amor!

E é certo, quem ama, é muito amado.

E vive a vida mais alegremente...

(Artur da Távola)

quarta-feira, 3 de junho de 2009

DEFINIÇÃO DE "SABER VIVER"


Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.

E então, pude relaxar.

Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.

Hoje sei que isso é...Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.

Hoje chamo isso de... Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.

Hoje sei que o nome disso é... Respeito.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.

Hoje sei que se chama... Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.

Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.

Hoje sei que isso é... Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.

Hoje descobri a... Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro.

Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.

Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.

Tudo isso é... Saber viver!!!

(Desconheço Autoria)

quarta-feira, 27 de maio de 2009

CONTINUE ANDANDO


Às vezes, o caminhar é lento,

mas o importante é não parar.

Mesmo um pequeno progresso

é um avanço na direção certa.

E qualquer um é capaz de fazer um pequeno progresso.

Se você não pode conquistar algo importante hoje,

conquiste algo menor.


Pequenos riachos se transformam

em rios poderosos.

Continue em frente.

O que de manhã parecia fora do alcance,

pode ficar maispróximo à tarde

se você continuar em frente.

O tempo que usar trabalhando com paixão e intensidade

aproximará você do seu objetivo.


É bem mais difícil começar de novo

se você pára completamente.

Então, continue em frente.

Não desperdice a chance que você mesmo criou.

Existe algo que pode ser feito agora mesmo, ainda hoje.


Pode não ser muito, mas fará com que você continue no jogo.

Caminhe rápido enquanto puder.

Caminhe lentamente quando for preciso.

Mas, seja o que for, continue andando.


(Autor Desconhecido)

sábado, 23 de maio de 2009

PEDAÇOS DE MIM


Eu sou feita de

Sonhos interrompidos

Detalhes despercebidos

Amores mal resolvidos.


Sou feita de

Choros sem ter razão

Pessoas no coração

Atos por impulsão.


Sinto falta de

Lugares que não conheci

Experiências que não vivi

Momentos que já esqueci.


Eu sou

Amor e carinho constante

Distraída até o bastante

Não paro por instante.



Tive noites mal dormidas

Perdi pessoas muito queridas

Cumpri coisas não-prometidas.


Muitas vezes eu

Desisti sem mesmo tentar

Pensei em fugir,para não enfrentar

Sorri para não chorar.


Eu sinto pelas

Coisas que não mudei

Amizades que não cultivei

Aqueles que eu julguei

Coisas que eu falei.


Tenho saudade

De pessoas que fui conhecendo

Lembranças que fui esquecendo

Amigos que acabei perdendo

Mas continuo vivendo e aprendendo.


(Martha Medeiros)

"Eu triste sou calada

Eu brava sou estúpida

Eu lúcida sou chata

Eu gata sou esperta

Eu cega sou vidente

Eu carente sou insana

Eu malandra sou fresca

Eu seca sou vazia

Eu fria sou distante

Eu quente sou oleosa

Eu prosa sou tantas

Eu santa sou gelada

Eu salgada sou crua

Eu pura sou tentada

Eu sentada sou alta

Eu jovem sou donzela

Eu bela sou fútil

Eu útil sou boa

Eu à toa sou tua".



(Martha Medeiros)

QUEM MORRE ???


Morre lentamente

Quem não viaja,

Quem não lê,

Quem não ouve música,

Quem não encontra graça em si mesmo.


Morre lentamente

Quem destrói seu amor próprio,

Quem não se deixa ajudar.


Morre lentamente

Quem se transforma em escravo do hábito

Repetindo todos os dias os mesmos trajeto,

Quem não muda de marca,

Não se arrisca a vestir uma nova cor ou

Não conversa com quem não conhece.


Morre lentamente

Quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções,

Justamente as que resgatam o brilho dos olhos

E os corações aos tropeços.


Morre lentamente

Quem não vira a mesa quando está infeliz

Com o seu trabalho, ou amor,

Quem não arrisca o certo pelo incerto

Para ir atrás de um sonho,

Quem não se permite, pelo menos uma vez na vida,

Fugir dos conselhos sensatos...


Viva hoje !

Arrisque hoje !

Faça hoje !

Não se deixe morrer lentamente !


(Martha Medeiros)

sábado, 21 de março de 2009

SAIR E VIVER



Estavam muitos homens, uma vez, dentro de quartos inteiramente fechados. Neles encontraram segurança. Sabiam vagamente que lá fora havia alguns movimentos mas eles não se envolviam. A vida era um pouco chata, frustrante, mas eles tinham alimento enlatado e comiam com satisfação e sem risco. O alimento ia se acabando, mas, por uma estranha situação, sempre permanecia igual e podia ser reaproveitado. O ar entrava, em pequenas quantidades, por aberturas que eles tentavam fechar, sem que nisso tivessem êxito completo. O ar se deteriorava, mas os mantinha quase vivos e, como eles diziam: "Isentos de micróbios."O destino dos homens enfurnados em seus quartos foi diverso. Uns morreram quando conseguiram fechar-se inteiramente. Outros tiveram seus quartos destruídos por vendavais e tormentas e, desses, uns foram mortos nesses cataclismos, outros passaram a viver ao ar livre.Outros receberam visitas - a esperança, a vergonha, o compromisso, a opção, a teoria, o amor, a liberdade, a justiça, ... - e, por causa daquela visita que receberam, abriram suas portas e janelas. Outros, enfim, pensaram sobre uma porção de coisas que tinham divisado quando havia abertura, e resolveram abrir as portas e janelas, e sair, e viver.
Danilo Gandin